Psicologia da Saúde e Hospitalar – Especialização, Residência, Aprimoramento: Qual eu devo...

Psicologia da Saúde e Hospitalar – Especialização, Residência, Aprimoramento: Qual eu devo optar e quais as diferenças?

1453
Compartilhe

Resumo: Estudantes de Psicologia do ultimo ano de graduação ou recém formados que optam pela área hospitalar, para seguir na profissão é necessário ter concluído uma pós graduação na área, seja Especialização, Residência ou Aprimoramento. Não basta um hospital de nome, mas sim um bom programa de pós-graduação. Este artigo tem como objetivo explicar cada uma dessas opções, para tirar todas as dúvidas e poder ajudar a escolher uma delas.

Palavras-Chave: Psicólogo Hospitalar; Psicologia; Residência Multiprofissional; Aprimoramento; Especialização.

Aprimoramento:

ufsj.edu.br
  • O que é?

Aprimoramento é considerado como uma formação profissional na área da saúde, tanto como formação em Hospital Geral, Clínica ou em Hospitais específicos (Ex. Cardiologia, Oncologia, Saúde mental, etc…), tanto em rede privada, quanto pública, ou até mesmo em Instituições de Ensino.

A forma de ingressar difere de instituições, algumas são por meio de provas internas, entrevistas, análise de currículo, outros hospitais, da rede pública as provas são por concurso, havendo também entrevistas, análise de currículos, etc.

  • Como funciona?

Consiste numa metodologia de aprendizagem com ênfase na prática profissional, sob supervisão de profissional qualificado; e parte teórica com aulas, seminários, discussão de casos clínicos, monografia (vai depender da instituição de ensino), etc.

  • Custo/Bolsas e Carga horária:

Em instituições privadas e algumas públicas, o aprimoramento consiste no ato de matrícula e mensalidade (em torno de R$ 400,00 à R$ 1500,00), com direito a bolsa de estudos com redução na mensalidade.

Vale ressaltar que algumas instituições públicas fornecem bolsa auxílio para programa de aprimoramento, mas bem poucas, pois a maioria das instituições prezam pela Bolsa Auxílio em Residência (o qual irei explicar em breve nesse artigo).

Carga horária: O curso de Aprimoramento pode ter duração de um a dois anos a depender da metodologia de ensino da instituição responsável, prezando uma carga horária total de no mínimo 1760 horas para poder validar a formação profissional e ter direito ao certificado/diploma.

Especialização:

DentalPress
  • O que é?

Especialização é considerada como Pós-Graduação em Lato-Sensu, oferecidos em hospitais ou instituições de ensino (ambos credenciados pelo MEC, CFP e União de Ensino). Ao contrário do Aprimoramento, Especialização é destinada apenas para profissionais já formados, sendo necessário apresentar o diploma no ato da matrícula.

Especialização, assim como o Aprimoramento, também é considerado como uma formação profissional na área da saúde, podendo ser em Hospital Geral (destinado à setores específicos como UTI, Pediatria, Pronto-Socorro, Neonatal, entre outros), Clínica ou em Hospitais específicos (como por exemplo Cardiologia, Oncologia, Hematologia, Neurologia, Saúde mental, etc..), tanto em rede privada, quanto pública, ou até mesmo em Instituições de Ensino.

A forma de ingressar não difere do Aprimoramento, sendo também por meio de provas internas, entrevistas, análise de currículo, outros hospitais, da rede pública as provas são por concurso, havendo também entrevistas, análise de currículos, etc.

  • Como funciona?

Consiste também numa metodologia de aprendizagem com ênfase na prática profissional, sob supervisão de profissional qualificado; e parte teórica com aulas, seminários, discussão de casos clínicos, monografia ou TCC (vai depender da instituição de ensino), porém obrigatório, etc.

  • Custo e Carga horária:

Instituições privadas e públicas, o curso de Especialização consiste no ato de matrícula e mensalidade (em torno de R$ 300,00 à R$ 2000,00), não possuo o conhecimento de Programas de Bolsa Auxílio ao invés de mensalidade, tanto em instituições públicas quanto privadas (Se caso alguém conhecer, comente no Blog ou na página do Facebook do Mundo da Psicologia, pois é uma informação útil para muitas pessoas).

Carga horária: O curso de Especialização pode ter carga horária total de no mínimo 360 horas para poder validar a formação profissional e ter direito ao certificado/diploma.

Residência:

GreysAnatomy

  • O que é?

Residência é considerada como uma formação profissional na área da saúde, podendo ser em Hospital Geral passando por todas as clínicas do hospital assim tendo como rodízio nas mesmas; ou em hospitais específicos, podendo optar por clínicas ou áreas específicas (UTI, Materno-Infantil, Pronto-Socorro, etc; ou Oncologia, Cardiologia, Neurologia, Saúde mental, etc..). Assim como no Aprimoramento e Especialização, a Residência pode ser realizada em Hospitais Públicos e em alguns Hospitais Privados que possuem suporte com o SUS. A forma de ingressar em uma Residência é prestando um concurso seguindo as normas dos Editais de cada instituição

  • Como funciona?

Consiste em uma metodologia de aprendizagem com ênfase na prática profissional, sob supervisão de profissionais qualificados, na maioria das instituições equivalem a 80% das horas totais; e parte teórica com aulas, seminários, discussão de casos clínicos, monografia ou TCC (vai depender da instituição de ensino), assim como a especialização, é obrigatório, etc; equivalendo a 20% das horas totais.

  • Bolsa Auxílio e Carga horária:

Diferente do Aprimoramento e Especialização, a Residência Multiprofissional atualmente oferece uma bolsa auxílio de R$ 3.330,43 oferecida pelo Ministério da Saúde, em hospitais da rede pública (Municipal, Estadual e Federal) e alguns hospitais particulares, cujo o SUS está envolto.

Carga horária: A Residência Multiprofissional consiste em dois anos, com carga horária de 60h semanais. É necessário completar os dois anos de residência para poder validar a formação profissional e ter direito ao certificado/diploma.

Quais as diferenças?

O que difere são alguns fatores de valor/bolsa, tempo, foco do ensino e dedicação.

No aprimoramento, temos instituições que são pagas e outras que oferecem bolsa auxílio, o curso é de médio a longo prazo (um a dois anos de estudo), o foco do ensino é mais generalizado, tanto na prática, como na teoria, porém com ênfase nas práticas. Você pode fazer o aprimoramento, ao mesmo tempo conciliar com o trabalho e/ou outro estudo. Completando o Aprimoramento profissional você pode atuar em hospitais, contudo não o torna Especialista (ex. Oncologia, Cardiologia, UTI, Pediatria, etc.)

Na Especialização, temos instituições que são pagas, curso é de pequeno a médio prazo, o foco de ensino é mais específico da área que você optar tanto na prática quanto na teoria. Você pode fazer a Especialização, ao mesmo tempo conciliar com o trabalho e/ou outro estudo. Completando a Especialização, você poderá atuar em Hospitais especializados ou em Hospital Geral em setores especializados e terá como título de Especialista no setor desejado (ex. Oncologia, Cardiologia, UTI, Pediatria, etc.)

Na Residência, você recebe uma Bolsa Auxílio oferecida pelo Ministério da Saúde, tanto nas instituições públicas, quanto em algumas privadas que oferecem o programa. O curso é de longo prazo, o foco do ensino é generalizado, tanto na prática como na teoria, com grande ênfase na práticas. Devido a grande carga horária semanal (60h) e algumas regras do Programa de Bolsa Auxílio, a Residência exige dedicação exclusiva ao curso. Completando a Residência, você poderá atuar em Hospital Geral ou em Hospitais que exigem especializações, pois você receberá o título da especialização em residência, como consta no diploma.

Qual eu devo optar?

Todos os cursos possuem os pós e contras, seja financeiro, tempo, dedicação, a instituição de ensino (englobando também os hospitais). Aprimoramento, Especialização e Residência, o processo seletivo ocorre no final do ano (com exceção de algumas Especializações que são semestrais), o que eu aconselho é ao longo do ano, você se preparar financeiramente, planejar seus objetivos, qual tipo de trabalho que você deseja fazer no hospital (de preferência um curso que possua Hospital Geral, pois é necessário o conhecimento do hospital ao todo, não só uma área específica).

No tema Hospital, procure pesquisar sobre o ensino (Plano Curricular e de Ensino), os supervisores, a coordenação do Serviço de Psicologia, os profissionais, pois não adianta pagar uma mensalidade cara em um hospital de nome, e não ter o aprendizado necessário para seguir em frente, pois entrar em uma instituição com o nome de outra de “renome” é fácil, mas se não tiver o aprendizado necessário, sair da mesma será mais fácil ainda.

Agora qual optar, vai depender de você! Pense, analise, compare e assim faça. Não há ‘melhor’ entre as três, todas as três são excelentes formas de aprendizado e entrar no mercado.

Para referir este artigo: Santos, F. F. (2017). Psicologia da Saúde e Hospitalar – Especialização, Residência, Aprimoramento: Qual eu devo optar e quais as diferenças?. In. Mundo da Psicologia, Internet. Disponível em <http://mundodapsi.com/psicologia-da-saude-e-hospitalar-especializaçao-residencia-aprimoramento-qual-eu-devo-optar-e-quais-as-diferenças/> 2017.

Referências: 

http://portal.mec.gov.br/pos-graduacao/pos-lato-sensu

http://portal.mec.gov.br/residencias-em-saude/residencia-multiprofissional

Views All Time
Views All Time
1279
Views Today
Views Today
5

Comentários

comments