Me Formei, e Agora? Segunda Graduação, Pós, Mestrado e Doutorado

Me Formei, e Agora? Segunda Graduação, Pós, Mestrado e Doutorado

7818
Compartilhe

Resumo: Muitos universitários ou até formados possuem dúvidas no que fazer após terminar a faculdade. Neste artigo irei explicar o que é cada um e a importância deles em sua carreira profissional.

Palavras-Chave: Formação; Graduação; Especialização; Mestrado; Doutorado.

Sempre esteve bem claro que um bom profissional deve estar sempre atualizado em sua profissão, ou seja, nunca deve parar de estudar, seja lendo livros, artigos, notícias, ou até mesmo dando continuidade no âmbito acadêmico.

A continuidade no universo acadêmico é favorável não só para o conhecimento, atualização e aprimoramento profissional e pessoal, mas também valoriza o profissional financeiramente, ou seja, um profissional com pós-graduação, quanto mais avançado em seu grau acadêmico, recebe mais em seu salário, seja trabalhando em instituições ou até mesmo sendo um profissional autônomo.

Iniciar uma segunda graduação é uma boa?

Iniciar uma segunda graduação também pode ser uma grande saída para o sucesso. Nunca é tarde para começar outra carreira, melhor ainda se essa segunda graduação puder ser trabalhada junto com sua primeira graduação, como por exemplo: Psicologia e Medicina (já pensou você ser um psiquiatra com conhecimentos de psicologia e da medicina, ou até mesmo outra especialização médica, saúde mental e física), ou Psicologia e Administração (ótima combinação para uma organização), Psicologia e Pedagogia (ótima escolha para área infantil), entre outras combinações.

Não precisa ser necessariamente estar ligado à sua primeira graduação, ter duas formações distintas também é muito bom, nada como ter a tranquilidade de ter dois empregos, um exemplo: você pode ser psicólogo clínico pela manhã e advogado no período da tarde, entre outras áreas também.

Podemos citar a famosa frase Rochelle Rock de Todo Mundo Odeia o Chris “Eu não preciso disso, meu marido tem dois empregos” (rsrs) Brincadeiras à parte.

Não há limite para o conhecimento, nunca é tarde ou perda de tempo, se você quiser fazer uma segunda graduação, mesmo que não combine com a sua primeira graduação, não há problema, sempre é bom ter um conhecimento amplo, seja lá qual for ele.

Quero dar continuidade no mundo acadêmico.

– O que escolher?

Após a graduação existe a pós-graduação, nela consiste em dois tipos: Pós-graduação em Lato Sensu e Pós-graduação em Stricto Sensu. Citarei em tópicos a diferença entre as duas.

  1. Pós-graduação em Lato Sensu:

Pós-graduação em Lato Sensu está relacionada ao grau acadêmico de Especialização e Aprimoramento em um determinado ramo da sua profissão, na administração ou na área de empresas também está incluso o MBA (Mestrado em Administração e Negócios), que em alguns países é considerado como mestrado, mas no Brasil é um tipo de especialização.

Pós-graduação em Lato Sensu (Especialização, Aprimoramento e MBA) nada mais é que o grau acadêmico que é necessário para atuar em certos ramos da profissão, sem ele não é permitido atuar em determinados âmbitos, como por exemplo, Psicologia da Saúde e Hospitalar.

Para um psicólogo trabalhar em um hospital ou posto de saúde é necessário ter a especialização ou aprimoramento em Psicologia da Saúde e Hospitalar, assim que terminado a Pós-graduação, o psicólogo que trabalhar em hospital terá como cargo Psicólogo Hospitalar, assim segue para os outros segmentos da psicologia, não só da saúde e hospitalar, mas também Neuropsicologia, Psicologia do Esporte, Psicologia Jurídica, entre outras.

  1. Pós-Graduação em Stricto Sensu:

Pós-graduação em Stricto Sensu é nada mais, nada menos o grau acadêmico que titula o estudante como Mestre ou Doutor em um determinado campo de conhecimento da área no qual você segue. Ou seja, Stricto Sensu está voltado ao estudo de Mestrado e Doutorado, sendo que primeiramente você deve fazer Mestrado e depois Doutorado. Em ambos há uma exigência enorme de estudos científicos e pesquisas.

Um profissional com Mestrado e Doutorado pode seguir facilmente no mundo acadêmico como professor universitário, no qual é uma bagagem enorme em quesito financeiro e realização profissional, podendo trabalhar como professor universitário e também seguir com sua profissão

Ainda estou na dúvida no que fazer…

Tire um tempo para pensar no que é melhor pra você, para sua necessidade no momento, você pode fazer ao longo do tempo uma segunda graduação, especialização, mestrado, doutorado e até pós-doutorado. Porém tudo tem seu momento certo.

Levando em conta que Pós-graduação em Lato Sensu leva menos tempo para ser concluída do que Stricto Sensu e tem suas qualidades como um conhecimento específico sobre um assunto e portas abertas para determinadas áreas da sua profissão.  Por outro lado se você quer status, financeiro mais alto e conhecimento mais abrangente sobre um determinado assunto, sem dúvidas que Stricto Sensu é a melhor escolha.

Não podemos esquecer que se você tiver no mínimo um Lato Sensu, você também pode ser tranquilamente supervisor de estudantes e recém formados em determinadas áreas de sua profissão, isso é uma bagagem muito importante para sua carreira.

Conclusão:

Independente da sua escolha, todos os segmentos citados no texto é de extrema importância para sua carreira, e JAMAIS será motivo de arrependimento, e sim milhares de razões para ter orgulho em sua escolha, pois você estará investindo em sua carreira, seja lá de qual maneira for.

No mundo em que vivemos atualmente, é essencial ter uma pós-graduação, conhecimento a mais é sempre bem vindo no mundo do trabalho, tanto em empresa quanto no ramo autônomo, todo mundo sente mais seguro em procurar um profissional expert em um determinado assunto ou demanda.

Para finalizar, uma dica: FAÇA ALGO A MAIS QUE SUA GRADUAÇÃO.

Para referir este artigo: Santos, F. F. (2015) Me Formei , e Agora? – Segunda Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado. In. Mundo da Psicologia, Internet. Disponível em < http://mundodapsi.com/me-formei-e-agora?-segunda-graduação-pos-graduacao-mestrado-e-doutorado/> 2015.

 

Referências:

Qual a diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu?. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?catid=127:educacao-superior&id=13072:qual-a-diferenca-entre-pos-graduacao-lato-sensu-e-stricto-sensu&option=com_content&view=article. Recuperado em 29 de julho de 2015.

Views All Time
Views All Time
4216
Views Today
Views Today
5

Comentários

comments