Entre Razões e Emoções – Descubra o Que Se Passa Dentro de...

Entre Razões e Emoções – Descubra o Que Se Passa Dentro de Você!

2735
Compartilhe

O texto irá falar sobre um tema que alcança toda a população. Não interessa seu salário, seu s antecedentes, sua profissão ou até mesmo o que você faz da sua vida. Só o fato de você ser uma pessoa já está dentro do público que o texto vai se dirigir.

No decorrer de nossa vida passamos por várias situações de aprendizagem, conhecemos pessoas que nos fizeram bem e as que nos fizeram mal, passamos por irritações e frustrações. Este texto vem ao encontro da possibilidade do entendimento do que nós sentimos. Será discorrido sobre o que são as emoções e o quanto ela pode nos afetar, tanto positiva como negativamente.

Dentro da literatura científica existe uma problemática a respeito da diferenciação dos conceitos de sentimento e emoção. Segundo Lavoura (2008), a emoção é a reação do organismo de uma pessoa perante um estímulo. Sendo assim, uma reação que vem do cérebro que causa uma diferença no estado do corpo.

Essa mudança no corpo é chamada pela ciência como um estado emocional, ou seja, se uma pessoa ao encontrar alguém sente que seu coração acelera e sua mão treme, essas reações que ela tem são caracterizadas como um estado emocional. Os órgãos que são afetados pela emoção na maioria das vezes são:

  • Coração;
  • Pulmão;
  • Intestino;
  • Pele.

A reação da emoção afeta o corpo provocando alterações no indivíduo em um todo: no corpo e no cérebro.

2Fonte: versiculomais.com

A respeito da história da emoção, só passou a surgir obras sobre seu assunto na década de 70, tratando das emoções e sua importância nos processos sociais. Nos estudos sobre as emoções são considerados três correntes de pensamento:

1ª Corrente – Primeiro a que considera que a emoção é o oposto do que é a razão, sendo essa a convencional. Esta ideia, advinda desde Platão e Descartes, compreende que a emoção faz com que a razão desapareça. È enxergado dessa maneira, pois entendem que a parte racional diz respeito à liberdade e a emocional é voltada para a parte de servidão.  Essa afirmação tem relação com o famoso pensamento de Descartes “Penso, Logo existo” em que predominava que o corpo era responsável pela emoção e a mente pela razão, dividindo-as.

2ª Corrente – Contrapondo a teoria convencional, a abordagem crítica percebe que a emoção e a razão são elementos distintos, ou seja, não existe relação no que é a emoção com a razão, sendo assim a emoção tem total contato com a razão trabalhando os dois aspectos de forma conjunta e a emoção sendo contribuinte para a racionalidade. Consideram então que a cognição e a emoção andam juntas para a tomada das decisões.

 3ª Corrente – Por fim, a abordagem radical defende que através da discussão a respeito da temporalidade é errado afirmar o conceito convencional, pois acredita que a ação não acompanha a emoção. Essa teoria acredita que apenas em situações de confiança no futuro é que se escolhe levar em conta a emoção. Sendo assim, a pessoa acredita em uma ação ainda não acontecida idealizada. Dessa forma, sendo a confiança a base da relação futura, tirando a razão como principal desencadeadora da ação. Essa abordagem também acredita que a emoção é ligada a valores e ela age como um elemento discriminativo.

Para a psicologia entender as emoções e a forma que as pessoas lidam com seus pensamentos são elementos fundamentais para análise psicoterápica em qualquer abordagem, por mais diferente que seja sua compreensão sobre a funcionalidade das mesmas. É através do seu entendimento que podemos alcançar uma intervenção coerente, respeitando a subjetividade de cada um.

A abordagem que levaremos em consideração para sua compreensão sobre a emoção é a da Teoria Cognitiva (TC). Ela delimita como meta principal da psicoterapia a emoção, pois é capaz de modificar pensamentos. A TC ressalta que a emoção, quando tratada, pode levar a redução do nível de aflições e se consegue ter melhora nos sintomas que são trazidos pelos pacientes.

Na terapia cognitiva a emoção é separada da seguinte forma:

  • Emoção negativa: essa emoção é causadora de grandes problemas na vida de uma pessoa. Ela faz com que seus pensamentos sejam disfuncionais, isso quer dizer que esse tipo emoção paralisa o individuo. As pessoas normalmente nesse estado não conseguem pensar claramente sobre suas crenças e sua forma de ver o mundo, tem dificuldades para resoluções de problemas, dificuldades para se comportar e ter satisfações. 
  • Emoção positiva: se contrapõe à negativa. Dessa maneira é uma forma de satisfação que auxilia na melhora.

tumblr_lhnej6fdqk1qfpdd0o1_500

Fonte: thaarocha.blogspot.com

Na teoria supracitada, procura-se uma forma adequada de se intervir, para que aumente emoções positivas através de técnicas. Dessa forma sobressaindo os aspectos positivos do dia a dia.

Enfim, pode-se entender que a emoção acompanha tudo para as pessoas e serve como estrela guia para nossos objetivos. Entender a emoção é fundamental para que possamos compreender o que se passa em nossa vida. Mas sinta a emoção de cada dia e faça com que ela seja positiva, pois isso só dependerá de você!

Para finalizar citarei aqueles que assim como a música, o teatro e vários outros artistas trabalham também como nossas emoções. Um poeta “Caio Fernando de Abreu”:

 

Força de Dentro

Se amanhã o que eu sonhei não for bem aquilo, eu tiro um arco-íris da cartola.

E refaço. Colo. Pinto e bordo. Porque a força de dentro é maior.

Maior que todo mal que existe no mundo.

Maior que todos os ventos contrários.

É maior porque é do bem.

E nisso, sim, acredito até o fim.

Caio Fernando de Abreu 

 

Referências:

ABREU,Carlos Fernando.Força de Dentro. Disponível em: http://www.mensagenscomamor.com/frases-de-famosos/frases_caio_fernando_abreu.htm. Acesso em 9 de julho de 2015.

BECK, Judith. Terapia cognitiva: teoria e prática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

LAVOURA, Tiago Nicola Medo no Esporte: Estados Emocionais e Rendimento Esportivo .Jundiaí-SP.ed1 . p 128: Fontoura,2008.

ABREU, Carlos Fernando.Força de Dentro. Disponível em: http://www.mensagenscomamor.com/frases-de-famosos/frases_caio_fernando_abreu.htm. Acesso em 9 de julho de 2015.

Views All Time
Views All Time
1514
Views Today
Views Today
1

Comentários

comments

Compartilhe
AnteriorOs 5 Maiores Arrependimentos Antes de Morrer
PróximoMe Formei, e Agora? Segunda Graduação, Pós, Mestrado e Doutorado
Psicólogo, pós-graduando em psicologia comportamental e cognitiva pela Universidade de São Paulo- USP. Especialista em psicologia do esporte pelo CEPPE. Capacitação em Dependência Química pela UNIFESP-SUPERA. Redige trabalhos científicos. Experiência em saúde mental, estagiou em hospital psiquiátrico e no centro de atenção psicossocial CAPS1. Fundador da primeira Liga acadêmica de analise comportamental na Universidade de Mogi das Cruzes em que realizou a primeira jornada de análise do comportamento do alto tiête. Realizou monitoria durante a formação em analise experimental do comportamento. Realizou trabalho com o Taekwondo com crianças com as mais diversas deficiências. Atualmente realiza trabalho na enfermaria psiquiátrica infantil e desde de antes de sua formação atua clinicamente com crianças portadoras do espectro autista. Apaixonado por psicologia e esporte, sempre atento as novidades da ciência. Matérias que mais me atrai é analise do comportamento e cognitivo comportamental, porém, diferente do que todos normalmente fazem, amo estudar e aprender as outras abordagens e vasculhar novas áreas da psicologia. Sempre deixo a psicologia me levar para onde ela quer.