Desvendando a Psicologia: Respondendo Dúvidas Frequentes

Desvendando a Psicologia: Respondendo Dúvidas Frequentes

576
Compartilhe

As questões relacionadas a Psicologia ainda geram muitas dúvidas e nós recebemos muitas perguntas acerca do que é a Psicologia, sua atuação, qual a diferença entre Psicólogo e Psiquiatra, e são essas perguntas que pretendemos responder com este texto.

Vamos começar:

1) O que é a Psicologia?

Desmembrando a palavra: Psico, vem de Psyché, que significa mente + Logia, vem de Logos, que significa estudo/pesquisa = Estudo da Mente.

Melhor explicando: É o estudo científico dos fatos psíquicos e do comportamento do ser humano.

Mas, isso não seria papel da Sociologia? Então, a Sociologia é voltada mais para o estudo de grandes agrupamentos de seres humanos, dentro de uma sociedade ou subcultura. E também se diferencia no jeito de agir e nos métodos de estudo/pesquisa.

2) A Psicologia é uma ciência?

Sim! O objetivo de um estudo/pesquisa, de uma ciência, é descobrir as causas e efeitos de algo dentro de um ambiente controlado (ex: laboratório, sala, etc.). A Psicologia atua nas pesquisas de forma comportamental (ex: observação) e não invasiva, os Psicólogos não podem fazer pesquisas, no contexto de experiências, em seres humanos, por isso recorrem a diferentes métodos para chegar a uma conclusão, ou seja, para ajudar aquele paciente que está em sofrimento.

3) Psiquiatra e Psicólogo(a) – Existe diferença?

– Psiquiatra: cursa Medicina, então é um Médico, especializado na área da Psiquiatria (o que engloba estudo do cérebro, dos sintomas, das reações medicamentosas, entre muitas outras coisas). Logo, este profissional pode solicitar exames e receitar medicamentos, bem como manter o acompanhamento dos sintomas.

– Psicólogo(a): cursa Psicologia, tendo como diploma o de Psicólogo(a), então, como não é formado em Medicina, não pode receitar medicamentos. O objeto de estudo principal é o comportamento, logo, este profissional fará o acompanhamento emocional e comportamental do cliente, podendo se comunicar com o Psiquiatra.

O Psicólogo(a) pode optar pela atuação em uma ou mais áreas, como: Psicologia Clínica (atendimento psicológico), Psicologia Hospitalar (pacientes e/ou equipe de saúde), Psicologia Social (população em situação de risco, trabalho junto a Assistência Social), Psicologia Jurídica (vara da infância/adolescência/família, perícia, assistência técnica), Psicologia Organizacional (recrutamento e seleção, desenvolvimento organizacional, treinamento), entre diversas outras.

4) Como saber se tenho um Transtorno Mental?

É recomendado a todas as pessoas que passem por Psicoterapia, a fim de desenvolver o autoconhecimento e melhorar a qualidade das relações, da resolução de problemas, etc. Porém, caso você nunca tenha ido a um Psicólogo(a) e suspeite de que algo está errado, procure um profissional de Psicologia na sua região.

NÃO SE DIAGNOSTIQUE POR ALGO QUE VIU NA TV OU NA INTERNET! NÃO SE AUTOMEDIQUE! NÃO DEIXE DE LADO!

Não é nenhuma vergonha procurar ajuda para entender o que está acontecendo, as vezes nós nos sentimos tristes por um longo período de tempo, ou estamos estressados demais, ou temos dificuldade de lidar com alguns sentimentos, e isso é completamente natural, porém é muito mais fácil e eficaz procurar um profissional para relatar, diagnosticar e ajudar a abrir as possibilidades do que fazer. Visando uma melhor qualidade de vida física e mental.

Para concluir…

O que nós sempre ressaltamos é que: não se vai ao Psicólogo(a) apenas quando temos problemas, problemas temos todos os dias, dos mais diversos e todo mundo tem. Se vai ao Psicólogo quem quer resolver esses problemas, bem como se desenvolver (autoconhecimento, potencialização dos pontos positivos, identificação e melhora dos pontos difíceis, etc.).

Da mesma forma que não devemos ir ao Médico apenas se nos sentimos mal, é sempre recomendado que façamos exames periódicos, acompanhamento, seguir uma rotina de alimentação, etc. para manter a boa saúde.

Views All Time
Views All Time
2758
Views Today
Views Today
11

Comentários

comments