Como Lidar com as Distorções Cognitivas – Parte 02

Como Lidar com as Distorções Cognitivas – Parte 02

548
Compartilhe

Desconsideração do Positivo

Definição: O sujeito anula informações positivas sobre si mesmo ou uma situação.

Exemplos: “Não fiz mais que minha obrigação”; “Qualquer um poderia fazer fazer igual”; “Essa promoção que ganhei não significa nada, eu não fiz nada para conquista-la”; “Deveria ter me esforçado mais, só consegui metade do que havia planejado”.

Correção: Compreender como outras pessoas enxergam a mesma situação e quais pontos da situação vivida são positivos.

Raciocínio Emocional

Definição: Acreditar que sentimentos são fatos. Pensar que porque sente alguma emoção forte, é real. Mais ligada a emoções negativas.

Exemplos: “Sinto que não vou conseguir me apresentar”; “Sinto que meus pais não gostam de mim”, “Algo muito ruim vai acontecer, não sei o que fazer”.

Correção: Compreender as situações de uma forma mais racional, buscando evidências para os pensamentos.

Magnificação e Minimização

Definição: Experiências negativas são maximizadas, enquanto experiências positivas são minimizadas. Pode ser atribuída a experiências, atributos pessoais, eventos ou possibilidades futuras.

Exemplos: “Não quero tomar esse remédio, tem muitos efeitos colaterais”; “Essa dor que eu estou sentindo deve significar que eu vou morrer”; “Eu fui bem na prova, mas não tinha me esforçado nos estudos, devia ter feito mais”.

Correção: Tentar avaliar a situação e suas probabilidades, sempre ponderando os prós e os contras, focando no real.

Rotulação

Definição: Avaliação geral de uma pessoa ou situação por meio de algum estereótipo, desconsiderando características pessoais de cada caso.

Exemplos: “Ele é um fraco”; “Eu não sou homem suficiente”; “Ela é uma menina fácil”; “Você é preguiçoso”; “Ele não tem jeito, é um mentiroso”.

Correção: Analisar a pessoa ou a situação de maneira mais ampla, prestando atenção em características pessoais e não deixando-se levar por rótulos estabelecidos socialmente.

portada-facebook-1 (1)

Ditadura do Deverias

Definição: Focar em como as coisas deveriam ser, deixando de lado a forma como realmente é.

Exemplos: “Deveria ter escrito aquele texto antes”; “Só poderei ficar em casa se eu ficar doente”; “Devia ter me esforçado mais, por isso não conquistei”; “Deveria aceitar o que ela me disse”.

Correção: Entender a necessidade de sempre achar que deveria ter feito mais, ter sido melhor. A partir disso, trabalhar o esforço realizado como o possível, naquele momento.

Catastrofização

Definição: Acreditar que um evento será extremamente aversivo, sempre focando na pior possibilidade possível, aumenta o nível de ansiedade.

Exemplos: “Quando eu começar a falar, todos irão rir de mim”; “Eu não suportar o término do meu relacionamento”; “Se todos morrerem, vou ficar sozinho”; “Se eu tiver que começar a tomar remédio, meu corpo não vai suportar”.

Correção: Avaliar os eventos e criar estratégias de enfrentamento para lidar com as situações.

Views All Time
Views All Time
548
Views Today
Views Today
2

Comentários

comments

Compartilhe
AnteriorAh Como Eu Te Amo, Meu Reforço Positivo!
PróximoAvaliação Neuropsicológica: Epilepsia com Comorbidade em Deficiência Intelectual
Sou psicólogo e criador do Mundo da Psicologia. Trabalho com Psicologia Clínica atendendo no Consultório de Psicologia Prof. Alexandre Rivero em São Paulo e organizo cursos presenciais e online sobre Psicologia. Meu pai, irmão, cunhada e namorada são psicólogos, ou seja, respiro essa profissão tão encantadora 24h por dia! Vem com a gente para o Mundo da Psicologia!