A Verdadeira História de Harley Quinn – Esquadrão Suicida

A Verdadeira História de Harley Quinn – Esquadrão Suicida

8157
Compartilhe

O personagem da Arlequina foi criado para a série Batman: A Série Animada e apareceu pela primeira vez no episódio 22: Um Favor para Coringa. Com o sucesso da personagem ela permaneceu no elenco e ganhou um quadrinho especial para contar a sua história Mad Love (Louco Amor).

No quadrinho é relatado que Harley Quinn se destacava na escola por sua habilidade de ginasta, lhe possibilitando uma bolsa de estudos para medicina em uma universidade bem cotada. Após os estudos iniciou sua carreira profissional em um hospital psiquiátrico (na época chamado Manicômio Arkham) como médica psiquiatra, onde Coringa foi seu paciente.

Ele logo aproveitou para cobri-la de histórias tristes sobre sua infância para que ela se compadecesse dele, e conseguiu. Manipulando-a emocionalmente, ele consegue fazer com que ela se apaixone e imediatamente comece a ajuda-lo em seus planos malignos.

adorocinema.com

Ele consegue fugir do hospital, mas quando retorna, capturado em uma luta contra Batman e gravemente ferido, ela entra em colapso, adentrando em extrema loucura e largando tudo para se fantasiar como Arlequina e viver ao lado de seu amado, o defendendo e fazendo tudo por ele.

O relacionamento dos dois é extremamente abusivo, engana-se quem acredita que ambos estão apaixonados, Arlequina se submete a tudo que Coringa quer. Mesmo ele a desprezando e fazendo as maiores maldades, ela faz de tudo para ser aceita por ele e ele se aproveita disso para conseguir tudo o que quer.

Coringa é o clássico conquistador manipulador, mas que não sabe amar, ele usa a todos para conseguir o que quer e depois os despreza porque não são mais úteis e ele não está disposto a manter qualquer tipo de relacionamento. Harley Quinn então torna-se sua maior carta na manga, alguém que ele pode usar a qualquer momento, jogar fora, e usar de novo, porque ela sempre vai voltar para ele devido a seu amor, extremamente cego (por acreditar que ele também a ama), que a impossibilita de ver a verdade.

Desta forma, ao contrário do que prega a mídia, o personagem da Harley Quinn é motivo de preocupação e não deveria ser usado como modelo pelas garotas. Ela está perdida no amor e na loucura, se submetendo a um homem abusivo, ao invés de ser mostrada com força psicológica de forma a libertar-se dessa posse.

Uma pessoa que perdeu tudo e agora vive apenas para servir a alguém que não pode lhe retribuir em nada, além de abuso e agressividade.

Views All Time
Views All Time
4700
Views Today
Views Today
7

Comentários

comments