10 FORMAS DE AUMENTAR SEU DESEMPENHO CEREBRAL

10 FORMAS DE AUMENTAR SEU DESEMPENHO CEREBRAL

2207
Compartilhe

Como aumentar o desempenho cerebral. Acredito que todos já tenham passado por pelo menos uma dessas 3 situações: Queria ser mais inteligente, queria estar mais focado ou gostaria de ter uma memoria melhor. Muito se fala para que a nossa capacidade mental se torne melhor, ou mais eficaz. Desde o Ômega 3 ao Kumon nesse artigo vamos abordar e passar por 10 formas de aumentar o seu desempenho cerebral.

1 – Superstição e Gentileza

Em um estudo publicado pelo jornal ‘’Psychological Science’’, os pesquisadores mostraram que atitudes supersticiosas, como desejar sorte, podem aumentar o desempenho das pessoas em tarefas como praticar golf e memória. Além disso, muitas pessoas dizem que depois de um dia cheio, o que as fez completar diversas tarefas foi a gentileza de outra pessoa. Coisas simples como abrir a porta do elevador e desejar bom dia aumentam as chances de conseguir cumprir com os dois próximos itens que vamos abordar.

2- Positividade

positividade

Fonte: Lounge.com

Estudos comprovam que pessoas que mantêm uma atitude positiva no dia-a-dia são mais bem sucedidas. Quando mesmo com as adversidades da vida conseguem fazer com que os seus compromissos sejam cumpridos essas pessoas encontram paz no fim do dia, o que faz com que seu sono seja melhor e a capacidade de conectar fatos torne-se maior.

Em um estudo feito na Europa, cientistas disseram aos professores de 22 alunos aleatórios que os seus desenvolvimentos mentais eram avançados. O simples fato de faze-lôs acreditar que eram muito inteligentes fez com que o desempenho escolar fosse melhor do que o da maioria dos alunos.

3- Cumpra suas Tarefas 

phpThumb_generated_thumbnail

Fonte: Planeta Ead

Não deixe as coisas pela metade. Isso vale para uma música que você começou a ouvir, um exercício de matemática que você começou a resolver. Quando você se concentra mais para que os assuntos do momento sejam resolvidos o cérebro assimila que aquele ‘’tópico’’ do seu dia está terminado, e quando ocorre o contrário ele acaba redirecionando a atenção de outras coisas para outras situações que não foram completas.

4- Alimentação Balanceada

saude2

Fonte: Pitada de Sabor

A alimentação influencia na capacidade de memorização. Prefira alimentos de fácil digestão, fracionados durante o dia e em quantidade moderada. Refeição pesada e quantidade exagerada desloca o fluxo sanguíneo para os intestinos e o cérebro fica mais lento e preguiçoso. Para ajudar ainda mais, beba bastante água e líquidos em geral, porém cuidado com as calorias e com o açúcar que vai escolher.

5- Reviva Boas Experiências

Memórias ligadas a emoção são mais facilmente fixadas. As emoções positivas tem prioridade sobre emoções negativas. Um fenômeno conhecido como memória seletiva. Viaje, encontre os amigos, reúna a família, viva com intensidade e otimismo, suas memórias serão mais vivas e resistentes.

Recorde sempre das boas coisas que viveu, reveja álbuns de fotografia, vídeos antigos e remonte os momentos na cabeça. Quanto mais vezes algo é lembrado, mais firme fica a lembrança. Com o tempo seu cérebro se empenhará cada vez mais em reter as experiências da vida.

6- Desenhe figuras 

Passe para este exercício somente após executar os anteriores com facilidade. Desenhe uma figura geométrica pequena, algo em torno de 10 centímetros, pode ser um triângulo, um retângulo ou um círculo, pinte-a com a cor que desejar e concentre-se nela. Você deve enxergar apenas a figura, nada mais. Para você, a única coisa que existe nesse momento é a figura. Tente não pensar através de palavras durante o exercício. Fique olhando para a figura a sua frente, apenas isso. Tente fazer isso sem forçar seus olhos.

7 – Ouça música 

listen

Fonte: Tought You May Ask

Como musicoterapeuta não poderia deixar de comentar essa: Nem só de efeito Mozart a inteligência do homem vive e evolui. Para a discussão sobre o efeito da música sobre a capacidade intelectual, deve-se diferenciar entre a audição passiva de música e a atividade musical ativa.

Em um estudo feito no Canadá em 2004, foi observado que um grupo de 144 alunos do primeiro ano fundamental que durante meses tiveram aulas de piano ou de canto e de teatro ou não tiveram nenhum estímulo extra-escolar. Realmente, à medida que o tempo passava, mais os alunos produtores de música conseguiam uma vantagem intelectual em relação a seus colegas: porém, após oito meses, essa vantagem era em média de três pontos de QI – no entanto, às vezes essa grandeza corresponde à variação de valores que ocorre até com a mesma pessoa. No mesmo período, as crianças do grupo de teatro – diferentemente de todos os outros alunos – expandiram claramente sua capacidade social.

8- Inventar Regras Mnemônicas 

É uma técnica milenar usada por muitos estudantes para decorar informações escolares de maior complexidade, como a tabela periódica, formulas de física, datas históricas, músicas, etc. Associamos uma informação difícil de ser memorizada a algo de maior facilidade, que tenha mais a ver com a gente, seja mais familiar.

Uma boa regra mnemônica pode carregar uma informação por uma vida inteira. Muitos professores se utilizam de músicas e outros artifícios para melhor passar para os seus alunos matérias de difícil aprendizado. A proposta é simples, relacionar coisas de difícil memorização com assuntos do cotidiano.

9- Exercício de Projeção

Imagine uma fruta. Feche seus olhos e tente visualizar, cheirar, sentir o sabor e tocar a fruta em sua imaginação. Tente visualizar uma imagem clara e bem definida. Se a imagem se tornar pouco clara, abra seus olhos, olhe novamente para a fruta por um instante, e feche os olhos novamente, continuando o exercício. Imaginar a fruta em suas mãos ou em uma mesa pode ser um modo de facilitar a tarefa.

10- Aprenda Algo Novo

apren

Fonte: A Viagem de Odisseo

Pesquisadores da Universidade de Hamburgo, na Alemanha, submeteram 20 jovens a um mês de treino intenso de malabares. Eles descobriram que, apenas sete dias após o início dos treinos, os participantes já apresentavam um aumento na matéria cinza do cérebro.

 

Sempre que a dificuldade de memória, aprendizado ou dificuldade com conexão de fatos ocorrer em pessoas de maior idade ou em intensidade e frequência suficiente para atrapalhar as atividades diárias, um médico neurologista deve ser consultado.

Referências:

  1. Pinheiro, I. R, Maidel, S. (2009). Treino cerebral para adultos. Ciências & Cognição. Vol 14, 160-167
  2. http://www.leandroteles.com.br/blog/2012/12/31/dicas-para-memoria/
  3. http://m.noticias.universia.com.br/noticia/935880/15-maneiras-cientificamente-comprovadas-aumentar-sua-inteligencia.html
  4. http://www.lendo.org/exercicios-aumentar-concentracao/

Views All Time
Views All Time
981
Views Today
Views Today
1

Comentários

comments